História de um homem chamado “Lady Christiny” reestreia no Teatro SESI

História de um homem chamado “Lady Christiny” reestreia no Teatro SESI

Monólogo de Daniel Porto, interpretado por Alexandre Lino e dirigido por Maria Maya cumpre temporada às segundas e terças-feiras, 19h30, até 18 de abril.

Interpretado por Alexandre Lino, com texto de Daniel Porto e direção de Maria Maya, o monólogo Lady Christiny, classificado em quatro estrelas pela Revista Veja Rio, reestreou dia 20 de março no Teatro SESI, centro do Rio.

A montagem é baseada no documentário homônimo dirigido por Lino sobre Chris – como ele mesmo a chamava – lançado em 2005 e com passagens por 42 festivais, inclusive em países como Itália, Portugal e Uruguai.

Nesse projeto da Documental Cia. os diálogos entre Lino e Celso Marques (Lady Christiny), assumem a ampliação do pacto com o real numa criação metalinguística potencializada pelo olhar íntimo e confessional de duas realidades e uma ficção. Lino conta a trajetória de um homem que se travestiu, porém manteve o conservadorismo, o respeito e uma postura atípica junto à família de Lady Christiny. Com sessões às 19h30, às segundas e terças-feiras, a temporada fica em cartaz até dia 18 de abril.

A peça mistura realidade, ficção e cinema. No que o autor e diretora partem do princípio do teatro do pertencimento. Local onde realidade e ficção se misturam e se confrontam em cena, rompendo a dramaturgia convencional e propondo ao espectador a provocação pelo discurso. Onde o público será convidado e estimulado a fazer perguntas ao personagem (ator). Um encontro com o Teatro do Pertencimento.

“Estive muito próximo a Lady Christiny em 1992 (pela TV) depois em 1995 (primeiro encontro) e em 2005 quando dirigi nosso documentário. E em todos os momentos em que estivemos juntos, percebi um lugar de pertencimento naquela realidade, que não era a minha, mas me transportava para lugares muito mais profundos. Evocá-la no palco é a conclusão desse encontro infinito e que só a arte documental poderia proporcionar por seu pacto com a verdade” – Diz Alexandre Lino.

Link de vídeo: https://youtu.be/EfuqZe-LGH8

Sinopse sugerida: Monólogo retrata a vida de Lady Christiny, travesti, porém, com uma postura atípica dentro deste universo: conservadora e ligada à família.

FICHA TÉCNICA

Texto: Daniel Porto

Direção: Maria Maya

Elenco: Alexandre Lino

Argumento e Idealização: Alexandre Lino

Iluminação: Renato Machado

Direção de Arte: Tatiana Brescia

Programação Visual: Guilherme Lopes Moura

Fotografia: Janderson Pires

Webdesign: Mariana Martins

Videografismo e Assessoria geral: Renato Krueger

Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias

Produção Executiva: Equipe Cineteatro Produções

Preparação Vocal: Gina Martins

Idealização e Direção de Produção: Alexandre Lino

Um projeto da Documental Cia.

SERVIÇO

Lady Christiny

Reestreia: 20 de março de 2017

Local: Teatro SESI

Endereço: Av. Graça Aranha nº 1, Centro – (Tel. 21 2563-4168)

Preço: R$ 20,00 (Inteira) – R$ 10,00 (Meia)

Temporada: Até 18 de abril de 2017

Horários: Segundas e terças-feiras – 19h30

Classificação: 16 anos

Capacidade: 338 Lugares

Duração: 50 minutos

Gênero: Documentário Cênico

Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 12h às 20h. E sábados e feriados, 2h antes do espetáculo.

Vendas também pelo site: www.ingresso.com

Site: http://ladychristiny.cineteatroproducoes.com.br
PATROCINADO
Chandra em sânscrito significa lua. Chandra é meu nome e o meu brechó online no Enjoei é o local onde compartilho coisas que fazem parte do meu mundo com vocês. São enjoôs hiper mega legais com preços pop. Livros, bijuterias, roupas, sapatos, cd’s, dvd’s, entre outros mimos. Novos, seminovos, pouco usados e artesanais. Encha sua sacolinha e faça sua oferta. Vamos negociar! Clique aqui para visitar o Mundo da Lua no Enjoei!

Facebook Comments

Deixe uma resposta